História do Sindimoc

O sindicato foi fundado em 1990 depois do desmembramento de uma entidade da classe a nível estadual. Isso porque o tamanho de Curitiba e Região Metropolitana, e das demandas locais exigiam uma regionalização sindical. Durante esse período até os dias de hoje houve momentos de glórias e lutas. Porém houve também momentos obscuros, que não podem ser esquecidos e ocultados para que nunca mais ocorram em nosso meio. Hoje é um período de moralidade, onde se busca a limpeza e o fim dos vícios que já ocorreram no passado.

O primeiro presidente foi José Martins Costa que era motorista. Ele foi cassado em 1994 e assumiu em seu lugar seu vice, Simão Ribas de Souza.

A classe pediu nova eleição e em 1994 mesmo assumiu a presidência Aristides da Silva (Tigrinho). Em 1998 Tigrinho foi assassinado em Itapoá, Santa Catarina. Em seu lugar assumiu o vice-presidente Denílson Pires da Silva. Ainda em 1998 houve nova eleição e Denílson foi eleito.

Denílson Pires foi reeleito em 2002 para presidência do Sindicato. Em 2009 o secretario geral do Sindimoc, Alcir Teixeira também foi assassinado. Denílson Pires ficou no cargo até 2010 quando perdeu a eleição para uma chapa encabeçada por Anderson Teixeira, filho de Alcir Teixeira que assumiu no início de 2011.

Compartilhe