Notícias do Sindimoc

Campanha do Sindimoc para arrecadar itens domésticos aos trabalhadores atingidos pela enchente

Curitiba, 07 de março de 2018 | 11h31

Imprimir   Enviar por e-mail

O Sindimoc deu início, nesta quarta-feira (07), a uma campanha de arrecadação de itens domésticos para os motoristas e cobradores atingidos pelas enchentes dos últimos dias.

Diversos trabalhadores tiveram as casas alagadas, em Curitiba e Região Metropolitana, após chuvas dos últimos dias, agravadas pela chuva torrencial do sábado (03). 

Cerca de 300 casas foram danificadas e mais de 1.500 pessoas foram afetadas, das quais 200 ficaram desalojadas. Foram mais de 70 milímetros de água em apenas uma hora, ou seja, metade do que era previsto para todo o mês de março!

O que se viu pelas ruas de vilas da Cidade Industrial, uma das regiões mais atingidas, era desolador: milhares de móveis, colchões, eletrodomésticos, roupas, comidas e muitos outros objetos colocados nas frentes das casas. As pessoas nas garagens e calçadas, sem saber pra onde ir, o que fazer. 

Por isso, o Sindimoc está realizando uma grande campanha para arrecadar alimentos, móveis, roupas e demais itens domésticos. É bem simples, dê uma olhada nos armários e cantinhos de casa e separe aqueles itens que todos temos em nossas casas e que não nos servem mais.

Vamos juntos construir novos lares!

Segundo reportagem da Tribuna do Paraná, milhares de casas das Vilas Sete de Setembro, Modelo, Santana, Resistência e Barigui 1 e 2 debaixo d’água. Nas Vilas Barigui 1 e 2, a água chegou ao teto de algumas casas. Em 30 anos, a população local diz que nunca viu uma enchente como a que aconteceu sábado à noite.
 
Relatos de que a água chegava de todos os lados, através dos três valetões que cortam a região. Em algumas casas, a água vinha de dentro dos ralos e da rua, ao mesmo tempo. A enchente nas vilas da Cidade Industrial gerou muita revolta nos moradores da região, que fecharam o Contorno Sul e a Avenida Juscelino Kubistchek de Oliveira, em protesto. O trânsito ficou completamente bloqueado nos dois sentidos das vias, por seis horas, do meio dia até às 18h, na altura do quilômetro 597, próximo ao Cargo Shop e à Volvo Caminhões. 

 

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: