Notícias do Sindimoc

Imagem

NOTA DO SINDIMOC SOBRE A VIOLÊNCIA NO TRANSPORTE COLETIVO DE CURITIBA E REGIÃO

Curitiba, 10 de outubro de 2018 | 12h37

Imprimir   Enviar por e-mail

Na noite de ontem (09), um passageiro da linha Curitiba – Jardim Ipê foi baleado durante a ação de bandidos que faziam um arrastão no ônibus. O Sindimoc, ao tomar ciência do corrido, se posiciona sobre essa violência que há tempos vem assolando toda a nossa cidade, no sentido de expressar o seu descontentamento diante das escassas medidas tomadas em relação à segurança no transporte público de Curitiba e Região Metropolitana.

Ao longo do ano de 2018, o Sindimoc já registrou uma média de 900 ações do gênero, dentre assaltos e arrastões. Destes, apenas 74 arrastões, de um universo de 223, foram registrados junto às autoridades responsáveis. Diante disso, ressaltamos a importância do boletim de ocorrência para todos os casos, para que nós, como Sindicato, possamos cobrar dos órgãos competentes medidas condizentes com os números.

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana trabalha com a compreensão de que devemos atuar não só na defesa dos direitos da nossa categoria, mas também para contribuir com a melhoria dos serviços prestados à população, buscando garantir que os trabalhadores de toda a Curitiba e Região possam retornar às suas casas de maneira segura, diariamente.

 

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: