Notícias do Sindimoc

Imagem

Nossa luta deu resultado! Índice de assaltos cai em 74%!

Curitiba, 13 de janeiro de 2020 | 10h26

Imprimir   Enviar por e-mail

Sindimoc cobrou para que câmeras de segurança fossem instaladas para reduzir número de assaltos em Curitiba e Região Metropolitana

A Prefeitura de Curitiba confirmou a redução de 74% no número de assaltos no transporte coletivo, comparado ao ano de 2016. Desde 2012, o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) luta para reduzir esses índices, sempre ressaltando a importância das câmeras nos ônibus e estações-tubo.

“As câmeras ajudam a inibir o crime e, caso o delito venha a ocorrer, fica mais fácil a identificação dos bandidos. Ficamos contentes com o resultado apresentado durante esses anos de trabalho, o que ressalta a importância de defendermos as nossas bandeiras de luta. A segurança no transporte coletivo é uma delas”, garante o presidente do Sindimoc, Anderson Teixeira.

Em 2016, o número de assaltos registrados foi de 3.111 casos, em 2019, o número caiu para 794. A redução tem sido progressiva, a cada ano o transporte coletivo fica mais seguro. Os 317 ônibus novos da capital já contam com câmeras de segurança, o material fica no Centro de Controle e Operações da Urbs, à disposição das autoridades. 

O índice foi calculado com base no número de boletins de ocorrência registrados pelos motoristas e cobradores. Por isso, ressaltamos a importância de denunciar esses delitos, para que seja possível realizar uma atuação mais direcionada nos locais onde está a maior concentração desses crimes. Desse modo, o trabalho da Polícia Civil e do nosso Departamento de Segurança é facilitado.

CIDADÃO PODE CONTRIBUIR
O cidadão pode repassar situações de delito para a Guarda Municipal, por meio do telefone 153. O serviço está disponível 24h. Informações básicas, como cor da roupa, óculos ou bonés, ajudam na identificação dos bandidos.  A partir desse contato, a equipe da Guarda Municipal em trabalho de rua que estiver mais próxima do endereço é deslocada para averiguação.

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: