Canaleta para ônibus entre Curitiba e São José é entregue, com seis anos de atraso - Notícias do Sindimoc - SINDIMOC - Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana
Convenção Coletiva. Válida por 2 anos! Vitória dos trabalhadores! Clique aqui e saiba mais!

Notícias do Sindimoc

Canaleta para ônibus entre Curitiba e São José é entregue, com seis anos de atraso

Canaleta para ônibus entre Curitiba e São José é entregue, com seis anos de atraso

Com seis anos de atraso, a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) entregou nesta segunda-feira (27) a obra na Avenida das Américas, em São José dos Pinhais (região metropolitana de Curitiba). Retomada em outubro de 2019, ela é a primeira a ser entregue por esta gestão, dentre as obras previstas para a Copa do Mundo de 2014 que estavam paralisadas.

Foram investidos cerca de R$5,5 milhões no trecho de aproximadamente 3,4km, que contempla atividades de semaforização, iluminação pública, pavimentação com a respectiva sinalização vertical (placas) e horizontal (pintura), além de melhorias no calçamento.

Sua conclusão deverá trazer melhorias principalmente para o transporte coletivo, com a liberação total da canaleta exclusiva para ônibus ligando os terminais de São José dos Pinhais e Boqueirão, em Curitiba, beneficiando linhas importantes como: São José/Boqueirão, Centro São José/Terminal Boqueirão, Aeroporto/Terminal Boqueirão e Terminal Afonso Pena/Terminal Boqueirão.

A via é dotada também de uma tecnologia que permitirá a sincronização dos semáforos com a passagem dos ônibus do transporte coletivo, permitindo que os mesmos tenham prioridade no cruzamento das vias e ganhem assim tempo no seu deslocamento. Com a utilização total da canaleta, este ganho na ligação entre os dois terminais deverá ser de aproximadamente 5 minutos.

Outro destaque vai para a substituição da iluminação, toda feita em lâmpadas de LED com maior eficiência luminotécnica e energética, e que proporcionam ainda maior economia de energia e financeira. O projeto incluiu a instalação de tubulação, fiação, 272 postes e 132 luminárias. A obra contemplou também a implementação de uma ciclovia de 2 km.

Fonte: Bem Paraná

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha