Notícias do Sindimoc

Imagem

Sindimoc entra com dissídio no TRT-PR pedindo multa contra empresas que atrasarem salários

Curitiba, 03 de dezembro de 2015 | 18h48

Imprimir   Enviar por e-mail

Sindimoc pede multa de R$ 1 milhão por dia, revertida aos trabalhadores, contra empresa que atrasar salário. Diante do esgotamento das conversações com os patrões sem que se chegue a um consenso, o Sindicato dos Motoristas e Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) ingressa ainda nesta quinta-feira (3) com dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR). A entidade vai pedir multa diária de R$ 1 milhão revertida aos trabalhadores contra empresas que atrasarem os vencimentos de novembro, dezembro ou janeiro, incluindo o 13º salário. Na semana passada, as empresas, por meio do Setransp (sindicato patronal) enviaram ofício ao Sindimoc informando que atrasariam todos esses vencimentos – e de fato atrasaram a primeira parcela do 13º salário, que deveria ser paga até 30 de novembro, causando greve dos trabalhadores.

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: